Rua Gomes de Carvalho, 1356 - 2º andar
São Paulo - SP
Avenida Carlos Gomes, 222 - 8º andar
Porto Alegre - RS
+ 55 (11) 3995-5221
+ 55 (51) 3378-1136

PR HACKS - ENGAJE!

#EraDoEngajamento

Sim, muito em breve você também vai trabalhar em home office. Confira nossas dicas para render neste sistema que veio para ficar

Muitos falam que Home Office é o trabalho do futuro, mas, na verdade, já é a realidade de muitas pessoas. Seja para empreendedores, funcionários de empresas de pequeno porte descentralizada ou até mesmo de grandes companhias que dão essa liberdade a seus funcionários. No caso das grandes corporações, esta prática segue crescendo tanto para as que consideram o trabalho em casa mais produtivo como para as que consideram o home Office uma estratégia de sua transformação digital e inovação.

Para uma empresa, o Home Office faz com que sua operação da empresa seja distribuída. Ela passa a operar onde as equipes ou colaboradores estão espalhados e, assim, expande geograficamente seus domínios. Deixa de ser apenas local. Ela pode ser mais maleável diante de situações inesperadas, como em dias de greve, manifestações nas ruas e dificuldades com o deslocamento devido ao trânsito crescente nas cidades. A redução de custos com escritórios e a contratação de novos talentos em localidades distantes da sede da empresa são efeitos colaterais positivos.

LEIA TAMBÉM: Home office é estratégia empresarial e não benefício para o colaborador

Para o colaborador, há os dois lados da moeda: da liberdade de ficar mais à vontade em um ambiente todo seu e, tendo uma família, poder participar do seu dia a dia e acompanhar de perto o desenvolvimento dos filhos. Outros já não conseguem se acostumar devido ao costume de anos de escritório e demoram para enxergar isso como um benefício. Assim, daremos algumas dicas de como encarar o trabalho home office com leveza:

1 – Home Office não significa necessariamente trabalhar em casa. É uma forma de trabalho remoto, aquela que não acontece dentro da empresa. Então a pessoa pode escolher um local que a faça se sentir confortável e que funcione como um escritório, sem muito barulho ou distrações;

2 – Home Office não é possibilidade de ter diferentes fontes de renda, como aqueles anúncios que aparecem por aí: “trabalhe em casa e ganhe R$ 1.500 por dia”. Tenha o seu trabalho e, se rolar um freela que não seja conflitante tanto em tempo quanto com o ramo da empresa para a qual você trabalha, pode ser uma boa;

3 – Nem todo dia é dia de Home Office. As vezes o colaborador precisará visitar um cliente ou ir a empresa. Algumas dão a opção de seu funcionário ficar de dois a três dias em casa e, nos demais, alocado;

4 – Pijama não é roupa para trabalhar. Isso é desleixo. Não há necessidade de usar roupas mais formais, estar confortável é a chave do negócio, mas não pode de se esquecer de encarar o dress code da firma nos dias que precisar trabalhar lá;

5 – Home Office não é um mar de rosas, há muitas distrações, então é preciso focar e não cair na tentação, mas ao mesmo tempo pode ser muito bom: é possível se arrumar melhor para encontrar os amigos ou aquele date, acompanhar o crescimento dos filhos ou ter o carinho do bichinho de estimação.

LEIA TAMBÉM: 7 Dicas para manter o foco no trabalho

Para que seu home office se torne perfeito, é sempre bom pensar em alguns detalhes, além de lembrar que não precisa pegar trânsito:

1 – Mantenha sua nuvem sincronizada com a da firma. Caso não trabalhe de maneira digital, certifique-se de que todos os arquivos necessários para o período estejam em seu computador, HD externo ou até mesmo um pendrive;

2 – Tenha uma boa conexão de internet;

3 – Tenha tudo o que precisa sempre a mão;

4 – Cumpra a jornada de trabalho da empresa ou, se for um empreendedor, tente trabalhar durante o chamado “horário comercial”, pois clientes ou fornecedores geralmente atuam em horário tradicional. Assim você poderá falar com eles ou ser procurado, caso necessário;

5 – Avise a família e amigos que mesmo trabalhando em casa, você não está disponível para visitas ou para dar aquela ajudazinha. Seu horário precisa ser respeitado;

6 – Cuidado com as informações. Assuntos sigilosos da empresa continuam sigilosos, mesmo que você não esteja dentro de um escritório e use sempre o bom senso quando tiver que lidar com uma informação mais delicada.

Quer se manter atualizado sobre tudo o que acontece no universo da comunicação e as novas tendências? Assine nossa newsletter.

Kemal Ishmael Jersey