Rua Helena, 235 – Atrium II – 11º andar - Vila Olimpia
São Paulo - SP
Avenida Carlos Gomes, 222 - 8º andar
Porto Alegre - RS
+ 55 (11) 3995-5221
+ 55 (51) 3378-1136

PR HACKS - ENGAJE!

#EraDoEngajamento

Pandemia: Comunicação Interna não escapa à velocidade das mudanças

O que aprendemos até aqui e como isso pode melhorar a comunicação dentro das empresas

O dilema entre os pessimistas e otimistas nunca irá acabar mesmo. Mas, como estamos ao lado do clã mais animado, vamos falar das coisas boas que até a pandemia trouxe para o mundo da comunicação interna.

MOMENTO EXIGIU FLEXIBILIDADE

Vamos começar pelos aprendizados diários, como a arte de flexibilizar e se adaptar às mudanças com agilidade. Sem contar agregar profundidade às ações. Sim, tudo isso também funciona para uma comunicação interna eficaz durante esta nova realidade.

O formato, a frequência e os conteúdos elaborados para que as empresas possam se manter próximas aos seus colaboradores também precisam acompanhar o ritmo das novidades. Assim, os cronogramas e esquemas de periodicidade e mix muito cartesianos deram lugar ao interesse maior de responder as dúvidas e anseios do time.

Do início em que o foco geral era saber tudo sobre o vírus e como se proteger, à exaustão gerada pelo excesso de informações sobre a doença, até as ameaças mais recentes como a ansiedade e a depressão não puderam faltar no roteiro com as devidas doses de aplicação em cada fase. E com novos canais adaptados à realidade do trabalho remoto e refeitórios vazios.

COMUNICAÇÃO GANHOU EM AUTENTICIDADE

Há tempos as soluções de prateleira são questionadas pelas pessoas publicamente e na internet. É um movimento natural de fadiga em relação à superficialidade trazida com uma sociedade acelerada e cobrada ao extremo nas últimas décadas. Mesmo nas empresas mais abertas ao diálogo, esse anseio por mais autenticidade pode não ser colocado à tona pelo time, mas está presente e subliminarmente desperdiçando esforços dos emissores das mensagens que não estão atentos à força da verdade e da autocrítica na sua comunicação interna.

Difícil somar tudo isso? Não para alguns, que têm desfrutado de equipes fortalecidas por toda essa experiência. São aqueles que estão se recuperando do baque financeiro e produtivo mais rapidamente. Aquele cujo time pôde compreender as dificuldades e reagir com entusiasmo para ajudar a supera-los. Que reconhece o apoio dado pela empresa e o cuidado de ser transparente e realmente eficiente ao fazer com que se sinta parte importante de toda a engrenagem e compreenda como ela passou a ter que funcionar para sobreviver e manter todos com suas ocupações ou a maioria.

O QUE FICA PARA O FUTURO?

A pandemia acelerou processos e mudanças que aconteceriam naturalmente com o passar dos anos. O trabalho de forma remota, os cursos à distância e principalmente a maneira como nos relacionamos com as pessoas que nos rodeiam.

Cumprido o desafio de fazer com que o colaborador se sinta parte importante de uma equipe, mesmo que não esteja de fato convivendo com estes no seu dia a dia, cabe à comunicação interna, orientar os líderes e gestores sobre a tarefa de motivar e incentivar uma unidade entre estes colaboradores. Mais plataformas de interação online provavelmente surgirão e fica à comunicação o trabalho de transformar essas relações virtuais em algo real. Só assim as empresas e seus colaboradores se beneficiarão cada vez mais dessas novas formas de se comunicar.

LEIA TAMBÉM

7 Dicas para aperfeiçoar a Comunicação Interpessoal

6 dicas para se adaptar com mais facilidade ao home office

O alinhamento da comunicação interna com as estratégias da empresa

Kemal Ishmael Jersey