Rua Helena, 235 – Atrium II – 11º andar - Vila Olimpia
São Paulo - SP
Avenida Carlos Gomes, 222 - 8º andar
Porto Alegre - RS
+ 55 (11) 3995-5221
+ 55 (51) 3378-1136

PR HACKS - ENGAJE!

#EraDoEngajamento
Como divulgar sua marca no Twitter

Como divulgar sua marca no Twitter e não se frustrar

Rede social do passarinho azul pode turbinar sua reputação. Ou virar um problema!

Não é à toa que o Twitter é a rede social com menor presença de marcas e empresas. Depois de quase micar no meio da década passada, o Twitter foi salvo por um CEO metido a herói e pela nova onda de polêmicas políticas e sociais. Há quem diga que o salvador atende pelo nome de Donald Trump, o que faz algum sentido. A verdade é que hoje mais de 186 milhões de pessoas usam a plataforma, sendo cerca de 27,7 milhões deles são brasileiros – somos a segunda maior nacionalidade na rede, atrás apenas dos norte-americanos.

Mas, mesmo com tanta gente e ferramentas interessantes para ouvir seu púbico e se fazer ouvir por ele, a grande maioria das corporações ainda está fora da rede do pássaro azul. O pacote básico de redes sociais para empresas é formado por Instagram, Facebook e LinkedIn. Dependendo do orçamento, agregam YouTube e, para as ousadas, TikTok. O Twitter é visto, geralmente, como a fronteira final. Mas este cenário faz sentido? Ou é apenas ‘birra’ ou ‘preguiça’?

Como quase tudo nas redes sociais, a resposta depende do perfil da organização e dos seus públicos-alvo. O ponto é que se trata, sim, de uma rede com características únicas. E elas fazem toda a diferença na hora de decidir divulgar ou não sua marca no Twitter.

TUDO AO MESMO TEMPO AGORA – E EM 280 CARACTERES

O limite de 280 caracteres (antes eram 140) já antecipa o que o novo usuário rapidamente percebe. O Twitter é uma rede marcada pela urgência. As conversas são curtas, rápidas e muitas. A cada segundo, cerca de 7 mil novos tuítes são enviados. Ao contrário do Facebook ou Instagram, em que a distribuição do conteúdo depende da relevância analisada por um algoritmo, aqui os tuítes aparecem em ordem cronológicas. Mas, como a quantidade é massiva, estas mensagens somem em minutos. A vida útil média de cada micromensagem é apenas 18 minutos.

Assim, o Twitter é a rede para falar do agora. Informações relevantes e simples, discutidas e comentadas no calor do momento. Virou o canto virtual favorito de grupos ligados por temas em comum. Dos investidores profissionais, que espontaneamente criaram o movimento Fintwit, com diversos perfis trocando dicas e informações sobre finanças em tempo real, até defensores e detratores políticos de todos os matizes. Ou seja, dependendo do foco da empresa, divulgar sua marca no Twitter pode ser uma grande oportunidade. Mas é preciso estar pronto para agir rápido e ter desapego aos controles.

DIVULGAR SUA MARCA NO TWITTER? PASSO 1 – OUÇA SEUS PÚBLICOS

Antes de tomar a decisão de investir em um perfil no Twitter, é importante entender o potencial de ser beneficiado com esse passo. Assim, a primeira medida é pesquisar a presença e atividade de seu(s) publico(s)-alvo na rede. Eles estão inscritos? Em quantidade relevante? São ativos? Com que frequência postam ou reagem a tuítes de terceiros?

Feito isso, aproveite para entender que tipo de conteúdo gera maior engajamento e como eles, em geral, reagem a determinadas colocações. Quais as #hashtags mais compartilhadas. Como eles interagem com as Trending Topics?

DIVULGAR SUA MARCA NO TWITTER? PASSO 2 – PLANEJE E CRIE EIXOS DE CONTEÚDO

As respostas às questões do tópico anterior servirão como base para um plano de implementação da conta no Twitter. A partir do tamanho, perfil e interesses do(s) público(s) a atingir, é possível definir o que esperar de uma atuação ativa no Twitter. Ou seja, quais os ganhos possíveis em reputação e quais os conteúdos que deverão ser criados para isso. A partir daqui, é uma análise de investimento x retorno esperado.

Quando chegar no ponto do conteúdo, esta análise deve contemplar a dinâmica de urgência do Twitter. Minha marca/empresa tem potencial de gerar um fluxo constante de informações novas e relevantes? Estas informações irão agregar e gerar valor para a audiência desejada? Tem efetivo potencial de gerar engajamento, retuítes, e comentários positivos? Definir os eixos de conteúdo que a empresa/marca irá tratar (e que podem ser externos à organização) é fundamental para o sucesso do perfil.

DIVULGAR SUA MARCA NO TWITTER? PASSO 3 – CRIE A PERSONA DE SUA MARCA

Como já pontuamos em outros artigos, coerência é o mantra da comunicação contemporânea. E uma das melhores formas de garantir o alinhamento do que sua marca/empresa posta no Twitter é criar uma persona da marca. Ela ajuda a tornar a interação mais humana e unificada.

Do tom de voz às características comportamentais, é preciso definir como a “voz” da sua marca vai se apresentar nessa rede. E que tipos de conteúdos vai compartilhar. E como vai responder os comentários. Sem isso, melhor nem seguir para o passo 4…

DIVULGAR SUA MARCA NO TWITTER? PASSO 4 – PREPARE-SE PARA INTERAGIR

Um dos pontos mais interessantes das redes sociais em geral e do Twitter em especial é a possibilidade de dialogar diretamente com seus stakeholders. Mas você não pode deixar que isso vire um problema. Lembre-se (uma vez mais) que o jogo no Twitter se chama agilidade. A resposta a um comentário (seja ele bom ou ruim) deve acontecer rapidamente. Assim, não há espaço para processos corporativos de aprovação de respostas envolvendo diversos níveis hierárquicos. Na verdade, o ideal é não precisar de aprovação para resposta alguma (e aqui mora um dos desafios do uso do Twitter pelas empresas).

A saída é ter linhas de comunicação e respostas muito bem definidas e alinhadas com antecedência. E treinar o time de linha de frente (seja interno ou de uma agência) para atuar com autonomia nas mais diversas situações. Claro que existem limites e temas que vão precisar ser escalados. Mas eles devem ser exceção.

Outra saída possível (e eu escrevi possível de propósito) é deixar claro no perfil que as respostas podem demorar (ou não ocorrer), se limitar a apenas publicar conteúdo e interagir apenas quando for impossível fugir. Mas isto é como usar um carro de fórmula 1 para ir ao supermercado na esquina. Melhor pensar em uma estratégia de comunicação que não demande diálogo.

DIVULGAR SUA MARCA NO TWITTER? PASSO 5 – APRENDA COM SEUS ERROS

Um dos clichês de quem trabalha com marketing digital é de que cada projeto/cliente é diferente. E, em 99% dos casos, é apenas testando e medindo que se encontra as melhores práticas para cada desafio. Pois isto está…. completamente certo.

Você vai encontrar dezenas de dicas do tipo “poste seus tuítes nas quintas-feiras de lua cheia entre uma e duas da manhã”. E eles podem ser um bom ponto de partida. Mas é apenas na prática que você vai descobrir o que funciona para seu público. E isso pode mudar com o tempo e até com o tipo de conteúdo compartilhado. Assim, mantenha o sangue frio e a cabeça aberta para mudanças frequentes de rumo e estratégia.

DIVULGAR SUA MARCA NO TWITTER? PASSO 6 – NÃO OLHE PARA BAIXO

Nada mais triste (e com bom potencial de gerar danos à marca) do que um perfil abandonado. Ou com um histórico irregular de postagens. Melhor nem começar…

Então, avalie bem os prós e contras de abrir um perfil empresarial no Twitter. Mas, uma vez que a decisão foi por entrar no jogo, siga em frente, seja constante, interaja com seu público e com os temas e oportunidades do momento. Por mais desafiador que pareça, o Twitter reserva muitas e grandes oportunidades para os que se estruturam para atuar na rede de forma adequada. Como dizem os colegas investidores da avenida Faria Lima, não há grandes ganhos sem bons investimentos e alguns riscos.

LEIA TAMBÉM:

Reputação Corporativa: ameaças e oportunidades em novos tempos

Cancelamento: uma nova categoria de risco para a reputação

Quanto vale a reputação? Errou. É mais do que você imagina

Veja Também
Tendências comunicação Interna 2021
6 tendências de Comunicação Interna para 2021, o ano da CI
Comunicação integrada MyCashBack
MyCashBack: sucesso construído com comunicação integrada
valor da reputação
Quanto vale a reputação? Errou! É ainda mais do que você imagina
prevenir cancelamento
5 Atitudes para Prevenir o Cancelamento + 3 para seu Gerenciamento
Kemal Ishmael Jersey